Sondas de petróleo ativas nos EUA têm maior queda em 3 meses, diz Baker Hughes

(Reuters) – As empresas de energia dos Estados Unidos reduziram nesta semana o maior número de sondas de petróleo em operação desde a semana terminada em 18 de janeiro, cortando a contagem pela segunda semana consecutiva e pelo quinto mês seguido, conforme produtores independentes mantêm planos de cortar gastos.

As companhias cortaram 20 sondas de petróleo na semana finalizada em 26 de abril, reduzindo a contagem total para 805 unidades, afirmou nesta sexta-feira a Baker Hughes, empresa de serviços em energia da General Electric (GE.N), em seu aguardado relatório semanal.

A contagem de sondas de petróleo nos EUA, indicador prévio da produção futura, caiu para níveis abaixo dos vistos há um ano, quando havia 825 sondas em atividade.

As grandes empresas de petróleo, como Exxon Mobil (XOM.N) e Chevron (CVX.N), entretanto, estão aumentando suas presenças, especialmente na Bacia de Permian, maior campo de petróleo não convencional (“shale”) dos EUA.

Fontes: Agência Reuters e Investing.com

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.