PIB e balanços empurram S&P 500 e Nasdaq a novos recordes de fechamento

NOVA YORK (Reuters) – Dados surpreendentemente fortes da economia dos Estados Unidos ajudaram a impulsionar os índices S&P 500 e Nasdaq para novos recordes de fechamento nesta sexta-feira, ao fim de uma semana marcada por balanços corporativos de forma geral resilientes.

Embora a Intel (INTC.O) tenha sido a maior influência negativa do dia, devido à sua perspectiva mais fraca, os resultados da Amazon.com (AMZN.O) proporcionaram o maior impulso ao mercado, e o relatório da Walt Disney (DIS.N) também ofereceu suporte, beneficiado por fortes números nas bilheterias.

Depois de oscilarem em torno da estabilidade na maior parte do pregão, S&P 500 e Nasdaq ganharam ritmo na última hora de negociação, registrando o segundo recorde de fechamentos na semana. Na máxima da sessão, o S&P 500 ficou a apenas 1 ponto de seu pico intradiário histórico.

Rick Meckler, sócio da Cherry Lane Investments, disse que o número do PIB norte-americano foi positivo para o mercado e que os investidores ficaram satisfeitos com os balanços empresariais, apesar de algumas surpresas negativas.

Ele disse:

“Há muita compra ‘de onda’. E com o pensamento de que novas máximas são prováveis, há um otimismo contínuo”.

Meckler acrescentou:

“… que o rali do mercado atraiu mais pessoas para ele, um tipo de alta retroalimentável”.

O índice Dow Jones .DJI subiu 0,31 por cento, para 26.543,33 pontos. O S&P 500 .SPX ganhou 0,47 por cento, para 2.939,88 pontos. E o Nasdaq Composto .IXIC teve ganho de 0,34 por cento, para 8.146,40 pontos.

Na semana, o S&P 500 subiu 1,2 por cento, o Dow perdeu 0,06 por cento, e o Nasdaq valorizou-se 1,86 por cento.

Fontes: Agência Reuters e Investing.com

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.